A minha pressa

Coisas da SIL

Não tenho medo
E assim
Me rasquei falando pra você.

É tão edificante expor
É constrangedor sentir dor
E mais ainda dor de amor.

Ele sabe me ouvir
É atencioso e não ousa fingir.
É observador, não muito questionador.

Posso ouvi -lo por horas e horas
Mas ele me prefere ouvir.
Falar falar até me cansar.

Eu gosto da sua risada, da sua fala malhada
Que me deixa as vezes sem graça.
Eu sou mas tagarela tá cara
mas ele me acha uma graça.

Não penso mais no fim
Porque agora por hora
Já esqueço a demora
Posso tentar me.conter
Em um.dia quem sabe
Poderei viver…
A sua espera…
A minha pressa.
Por: Coisas da SiL

My rush

I’m not afraid and I scratched myself talking to you.

It is as edifying exposing is embarrassing to feel pain and even more pain of love.

He knows how to hear me…

View original post 93 more words