Fila de Espera

Reverso Literal

Diz que é profissional, mas não entende nenhum final
Vê coisas que ninguém consegue ver e ainda sonha em morrer
Não sabe o dia certo para escolher e nem ouvir melhor para entender
Questões não respondidas permanecem em silêncio
Respostas vazias sem nenhum cabimento
Vivendo o momento
Perdido em pensamentos
Palavras somem aos ventos

Pouca coisa e muita coisa
Falaram o que disseram para alguém escutar
Não há mais espaço
Não há mais lugar
Encontraram os pescadores
Aqueles senhores
Viveram seus amores
Peixes pescados em um pequeno lago perto das flores
Cheiros, vazios, rosas
Frutas vermelhas, uvas, amoras
Por favor, não vá embora
Eu suplico agora

Tempo nunca em tempo
Dia noite manhã
A tarde me perco em pensamentos
Talvez melhore amanhã
Espero sempre espero
Esperar mais um dia por ela
Eu quero e sempre quero
Sair enfim da fila de espera

View original post